As operações e processos empresariais estão cada vez mais dependentes de novas tecnologias.

Há novidades surgindo a todo momento no mercado e por isso, as organizações precisam identificar quais são as ferramentas que podem ajudar a aumentar o lucro, melhorar a produtividade dos colaboradores e fidelizar clientes.

Ou seja, para continuar crescendo no mercado, é necessário gerenciar adequadamente todos os recursos internos e externos.

Um dos melhores caminhos para isso, é a adoção de um sistema ERP (Enterprise Resource Planning), que em português, foi traduzido como Sistema Integrado de Gestão Empresarial.

Preparamos um guia completo para você entender mais sobre essa tecnologia e todos os benefícios que ela pode trazer para a sua organização. Confira:

O que é ERP?

O ERP é um tipo de software específico que ajuda no gerenciamento de todas as áreas da sua empresa, de forma integrada e centralizada.

Ou seja, essa ferramenta consegue integrar setores como o de contabilidade, marketing, logísticas, RH e vendas, fazendo com que todos os colaboradores trabalhem de modo sincronizado, já que todas as informações ficarão concentradas em uma única plataforma.

Com o sistema de gestão integrado, as chances de retrabalho e dificuldade de encontrar informações diminuem consideravelmente.

Assim, o processo de compartilhamento de dados se torna mais eficiente, além de ajudar a aumentar a produtividade dos funcionários e otimizar o processo de tomada de decisões.

Como fazer a implementação de um sistema ERP?

O primeiro passo é conversar com a equipe de colaboradores para iniciar os backups necessários e explicar melhor sobre o processo de migração de dados.

Além disso, é necessário explicar sobre todas as mudanças no sistema de gestão empresarial, pois apesar de os sistemas ERP serem extremamente eficientes, treinamento e reuniões podem ajudar na adaptação dos colaboradores.

Também será necessário orientar as pessoas responsáveis pela implementação.

A implementação de um sistema ERP deve ser feita junto com a sua equipe

Quais os módulos básicos que todo sistema ERP precisa ter?

As funcionalidades de um sistema ERP revolucionaram a maneira de realizar o controle de estoque, operações financeiras e diversas outras atividades que fazem parte da rotina de qualquer organização.

E é por isso, que um bom sistema ERP deve sempre conter módulos padrões, para que assim, a sua empresa possa realmente ser beneficiada com o uso desse software.

Entre eles, podemos citar:

Emissão de notas fiscais eletrônicas de produtos e serviços

A emissão de notas fiscais é uma obrigação que toda a empresa tem. O problema é que devido a burocracia existente nesse processo, muitas organizações têm dificuldade em emitir notas fiscais de modo rápido e simples.

Mas com a adoção de um bom sistema ERP, esse procedimento se torna muito mais prático.

Tudo o que o profissional responsável por essa tarefa precisará fazer, é incluir os dados fiscais uma única vez e registrar todas as operações.

Depois disso, a ferramenta poderá executar automaticamente todo o processo necessário para a emissão de notas fiscais.

Gerenciamento de estoque

O controle de estoque é um procedimento que tem como principal objetivo monitorar o fluxo de materiais da empresa, para que assim, seja possível descobrir o que está em falta no estoque e realizar o inventário de itens.

Com uma solução tecnológica capaz de realizar esse processo, como um bom sistema ERP, a sua empresa consegue reduzir custos operacionais, além de redirecionar verbas que antes eram gastas desnecessariamente.

Gerenciamento eletrônico de documentos (GED)

Os Sistemas ERP são excelentes ferramentas para gerenciar documentos de forma prática, rápida e eficiente, já que eles oferecem diversos recursos para os profissionais responsáveis por essa tarefa.

Vendas

Você pode criar novas propostas para os clientes através de um modelo de proposta comercial.

Além disso, esse recursos ajuda você a economizar tempo, já que a proposta comercial, está conectada ao banco de dados de produtos/serviços e cadastro de clientes.

Assim, você pode enviar o link da proposta através de diferentes canais de comunicação, como o e-mail e o WhatsApp, por exemplo.

O sistema ERP também ajuda nas vendas de sua empresa

É possível integrar um sistema ERP com outras ferramentas?

Sim! Aliás, a integração entre sistemas pode trazer ainda mais benefícios para a sua organização.

Há diversas ferramentas que podem ser integradas com o ERP, por exemplo:

• CRM

• Business Intelligence

• Gerenciamento de processos de negócio (BPM)

Entre as principais vantagens de integrar ferramentas, podemos citar:

Visão consolidada do negócio

Ao unificar e centralizar as informações, todos os departamentos da organização conseguem se comunicar de forma mais eficiente.

Um dos maiores desafios no mundo empresarial é justamente otimizar o processo de comunicação.

Assim, a empresa consegue controlar melhor todo o processo de gerenciamento de atividades, além de tomar decisões baseadas em informações relevantes e consistentes.

Agilidade

A burocracia relacionada a conclusão de alguns processos traz grandes prejuízos para as organizações.

Se as operações não forem realizadas de forma ágil, a empresa pode perder clientes, fazendo com que muitos recursos financeiros sejam desperdiçados.

Por isso, é importante utilizar ferramentas que agilizem algumas atividades, principalmente aquelas que estão relacionadas ao processo de vendas.

Para um atendimento eficiente e rápido, considere implementar um sistema ERP na organização!

Diminuição de erros operacionais

O retrabalho, além de ser algo que prejudica a produtividade dos colaboradores, causa prejuízos organizacionais.

Com a automatização de tarefas e a integração de ferramentas, os funcionários conseguem trabalhar de forma unificada e sincronizada, o que reduz consideravelmente, a chance de eles cometerem erros durante a execução de atividades.

Redução de custos

Com a integração de ferramentas, a sua empresa terá mais facilidade em rever procedimentos de compras e vendas, fazendo com que seja possível reduzir os custos relacionados a contratação de novos colaboradores ou mão de obra terceirizada.

Outro motivo pelo qual integrar um sistema ERP com outra ferramenta ajuda na redução de custos, está no fato de que a integração com serviços bancários minimiza os gastos com tarifas e outros serviços operacionais.

Se você gostou desse post e está pensando em fazer mudanças internas na sua empresa que necessitam a utilização de um sistema ERP, entre em contato com a Brinov e fale com um de nossos representantes!

Sistema ERP na gestão de empresas